Saída

O mundo deu as costas pra mim.

Então eu ajoelhei de frente para a parede branca, e pedi ajuda.

Rezei por horas, dias, anos, séculos.

Até perder a criatividade.

Quando achei que já havia esgotado todas as minhas possibilidades,

olhei para o lado e encontrei uma caneta.

Desenhei o mundo na parede.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s