Eu no mundo

Se só existisse eu no mundo nada me amedrontaria.

.

Eu acordaria cedo e faria o meu café pra tomá-lo lendo o meu livro preferido sem julgamentos. Eu deitaria sob o sol da manhã podendo ouvir o horizonte ressoar dentro mim tamanho o silêncio do universo. Eu conversaria com o nada e entenderia dos sentimentos puros que o habitam através dos seus olhos ferozes. Eu não hesitaria em falar pro planeta ouvir, e não me sentiria insegura: eu seria a mais amada. Eu comeria o que quisesse, rolaria na grama, riria com as cócegas do vento.  Ah, se só existisse eu… ninguém me proibiria, ninguém me machucaria, ninguém me ofenderia. Eu correria do inferno gargalhando da cara dos inexistentes, eu teria o que desejasse, eu seria dona do meu nariz e não me importaria com as opiniões. Se só eu existisse no mundo eu seria a protagonista da minha felicidade…

.

…e eu estaria bem por um tempo. Até me dar conta da sua falta e das suas palavras sempre inovadoras, que curam todos-os-dias-iguais.

Anúncios

2 respostas

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s