Ar

Já nos puxaram pelos cabelos, sangraram nossas feridas, tiraram o que havia,  tacaram-nos no chão. Cansamos de amar o desdém, de reverenciar a ruindade, de entregar sem devolução, de cortejar o desinteresse. Já nos bateram no rosto, falaram o que não éramos, sopraram-nos péssimas energias, profetizaram palavras maldosas. Cansamos de abraçar o vento, de sentir o peso do nada, de vomitar tristeza e nos desfazer em piedade. Já perdemos momentos bons, a fé de vista, já ajoelhamos no milho, ferimos nossa pele. Cansamos da culpa, cansamos de aceitar, cansamos de ceder, cansamos de sofrer.

.

Velas e incensos queimam nosso passado e exalam liberdade na cara dos desavisados.

Anúncios

Categorias:Reflexões, Vida

Marcado como:, , , , ,

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s